IMPLANTE DENTAL:

Implantodontia é a especialidade da odontologia dedicada a restabelecer a função de mastigação e estética perdidas, devido a ausência de um ou mais dentes, através da implantação cirúrgica de "pinos", ou seja, implantes sobre os quais, posteriormente, serão instalados uma peça protética em substituição aos dentes perdidos. .

Ao redor do titânio ocorre a osseointegração que é caracterizada pela formação de tecido ósseo que irá incorporar este material ao organismo . E, é extremamente importante, que o tecido ósseo mantenha-se preservado mesmo quanto o implante dentário seja submetido aos esforços mastigatórios.

O descobridor da osseointegração foi o médico sueco PI Bränemark; ao inserir câmaras de titânio na fibula de coelhos em suas experiencias, relatou certa dificuldade na hora de removê-las, ao estudá-las notou a intimidade entre osso e titânio. Hoje Bränemark possui morada no Brasil, mais precisamente em Bauru onde possui um centro de pesquisa em implantodontia.

A Universidade Sagrado Coração - USC de Bauru, forma a cada dois / três anos equipe de Mestres e Doutores em Implantologia coordenada pelo Prof. Dr. Carlos Eduardo Francischone e equipe.

Com a implantodontia são feitas desde reabilitações unitárias, como também grandes reabilitações totais fixas ou removíveis.

 

Etapas da colocação do implante dental

As fases do tratamento variam de acordo com a complexidade de cada caso, mas de forma geral pode-se subdividir em etapas.

- Avaliação do paciente e planejamento, com exames radiográficos.

- Instalação do implante através de uma cirurgia. Após essa fase é necessário esperar alguns meses, e pode-se optar por colocar uma prótese provisória.

- Instalação da prótese definitiva sobre o implante.

- Manutenção, com avaliações periódicas.